logo

pub_carrossel_horz2.jpg

img

Filhos

Regras para os nossos filhos verem Televisão e streaming

Por Inês

No seguimento deste post (vejam nele dicas e regras para os nossos filhos usarem telemóveis), aqui vai a segunda parte do especial "Filhos e Tecnologia". Desta vez vamos falar um pouco sobre os limites e regras que podemos estabelecer quanto a ver TV, sobretudo serviços de streaming e boxes.

Nós gostamos de lembrar os momentos em que toda a família se reunia à volta da TV para assistir a um programa saudável todos juntos em família. (Eu nunca tive - só na faculdade - mas, na realidade, muitos de nós provavelmente já tínhamos uma televisão nos nossos quartos e passámos muitas horas vendo televisão sem muita orientação dos nossos pais - mas só havia cabo...)

Dito isto, o conteúdo de streaming disparou em popularidade, e há mais programas de TV e filmes disponíveis ao nosso alcance do que nunca. Mas a maioria deles não é particularmente apropriada para crianças.

No entanto, existem algumas óptimas vantagens nos serviços de streaming. Muitos apresentam excelente programação educacional e documentários para crianças. A maioria não mostra nenhum anúncio, o que significa que os nossos filhos não serão bombardeados com mensagens de publicidade por todos os lados, o que acontece quando assistem à TV normal. Podemos oferecer um mundo inteiro aos nossos filhos com conteúdo em streaming contínuo – a chave  como usá-lo.

A maioria dos grandes operadores de conteúdo em streaming tem controles parentais, alguns mais robustos do que outros. A Netflix, por exemplo, permite configurar perfis separados para nós e para os nossos filhos.

Usando essas ferramentas, nós podemos garantir que os nossos filhos apenas tenham acesso a conteúdos adequados à idade deles. Como o menu infantil da Netflix possui um esquema de cores diferente do menu normal, nós podemos facilmente ver se os nossos miúdos acessam o conteúdo permitido ou não. No entanto, isso não impede que as crianças mudem para o nosso perfil, por isso, ainda assim temos de estar vigilantes. E se eles são ágeis com o comenado, parece que já nasceram a mexer naquilo sem pestanejar!

Já o iTunes e a Apple TV permitem que os pais estabeleçam níveis de classificação para o conteúdo ao qual os seus filhos assistem. Pelo contrário, a Amazon Prime não possui controles parentais, por isso, a única coisa a fazer é sair da sua conta e não compartilhar a senha.

No entanto, todas essas ferramentas não substituem as conversas frequentes com os seus filhos sobre o que eles assistem.

parent_guide_tv_27033391_e1513841631393_948x1024_1.png

Assim,

- monitorize o tempo passado em frente à TV,

- limitando o número de horas que eles assistem por dia,

- incorporando configurações dos pais,

- conversando com o seu filho sobre o conteúdo a que ele assiste, e

- passando o tempo em frente à TV juntos, em família.

 

Veja aqui o primeiro post sobre dicas e regras para os nossos filhos usarem smartphones e aqui o terceiro post sobre segurança em jogos online e de consola.

INSTAGRAM   |   BLOGLOVIN   |  FACEBOOK

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg
squareimg
squareimg

Deixe o seu comentário

Publicações relacionadas

Instagram