logo

pub_carrossel_horz2.jpg

img

Mãe

Meditação para grávidas e não só! | Traquilidade para mães e bebés

Por Inês

A meditação é uma prática originariamente asiática, mas que se tem revelado uma excelente importação! Nada como tirar alguns minutos para nos recentrarmos, relaxar, limpar a confusão que vai pela nossa cabeça e acalmar o nosso corpo. Alguns minutos de meditação diária, logo pela manhã, ajudam a preparar o dia e a dar-nos a energia interior para não nos perdermos em mil detalhes e solicitações. Se faz bem a nós, no dia a dia, também fará um bem tremendo em fases especiais da nossa vida.

A gravidez é uma fase de muitas mudanças biológicas e sociais na nossa vida. Além das hormonas aos saltos, a grávida enfrenta ainda um período de preparação social para a chegada do bebé, que, em alguns casos, pode ser muito cansativa. Assim sendo, encontrar atividades que tranquilizem o organismo e estabilizem essa mistura de sentimentos pode ser uma ótima solução para quem quer desfrutar de uma gestação calma e confortável.

A meditação, por exemplo, é uma prática comprovadamente benéfica para a saúde da mãe e do bebé. Através do relaxamento promovido durante os vários exercícios, a mulher grávida diminui o fluxo das hormonas do stress, como a adrenalina, o cortisol e o ácido láctico, regulariza a pressão arterial, acalma a respiração e os batimentos cardíacos e melhora a insónia.

Por outro lado, a meditação equilibra as funções hormonais na mulher, aumentando os níveis de hormonas que provocam a sensação de bem-estar, entre eles o DHEA e a melatonina, o que facilita a amamentação após o nascimento do bebé. Além disso, meditar nos meses que antecedem o parto também diminui o risco de pré-eclâmpsia, ou seja, o desenvolvimento de hipertensão após a vigésima semana de gestação. 

Já no bebé, os efeitos também são muito positivos. A meditação realizada durante a gravidez, ou seja, em plena formação do feto, pode ser um auxiliar precioso no desenvolvimento pleno do seu sistema nervoso, sendo que esse desenvolvimento poderá levar a uma diminuição da incidência de distúrbios como déficit de atenção, depressão e até mesmo autismo.

Vale a pena tirar todos os dias alguns minutos para relaxar, para estar apenas consigo mesma, em toda a calma e silêncio. E levar essa prática para o resto da vida, já agora!

Na galeria ficam os princípios básicos e alguns movimentos e exercícios simples de relaxamento, que facilmente pode fazer no conforto do seu lar.

 INSTAGRAM   |   BLOGLOVIN   |  FACEBOOK

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg

Deixe o seu comentário

Publicações relacionadas

Instagram