Blogs do Ano - Nomeado Família
logo
img

Vida

Viajar com os miúdos | Bagagem de mão: Tudo o que cabe lá dentro! | A Mãe Bio-Lógica

Por Linda Barreiro

Os dias correm à velocidade da luz - qual cliché mais verdadeiro - e já estamos novamente de malas aviadas para ir de férias para casa. O meu mais velho já conta as noites no calendário e todos os dias pergunta quantas ainda faltam. Adora ir para Portugal, fica em pulgas de cada vez que estamos para viajar! E quem não gosta de regressar a casa? Eu então, esteja o tempo que estiver fora, a hora que eu aterro em Lisboa é a hora em que sinto aquele friozinho na barriga, é a hora em que já visualizo a família atrás daquela porta, a hora em que já só me apetece um cafezinho dos bons, a hora em que me sinto finalmente em casa... É a hora em que aqueles poucos minutos se transformam numa longa espera pois parece faltar tanto ainda para chegar àquela porta que diz Saída! Tenho a certeza que qualquer emigrante sabe do que falo!

Passemos então a questões práticas! Bagagem por favor! Para despachar vão sempre volumes grandes, que muitas vezes vão pouco cheios, ou mesmo vazios, para regressarem carregados de muita coisa, principalmente de comida!

Como viajo sozinha com os dois putos tenho que assegurar a questão “mãos livres”. Para simplificar as coisas não levo carrinho de bebé, carrego o pequenino na mochila porta-bebés e o grande vai a pé pela mão. Assim as nossas coisinhas têm que caber todas dentro de um trolley para eu - ou o mais velho que também já ajuda - o ir(mos) a puxar. Vamos lá saber o que cabe lá dentro então?

Nunca sei se vou ficar apeada entre escalas por isso asseguro que se ficar, nada nos faltará apenas com a bagagem de mão.

 

  1. Passaportes, boletins de vacinas, autorizações e outros documentos de viagem

Número 0 da lista! Pode ter ficado tudo para trás menos isto. Guardo todos os nossos documentos juntos numa bolsa porta-documentos para não se perder nada. São a primeira coisa a ir para a carteira.

 

  1. Mini necessaire

Em viagens longas de avião um mini necessaire para mim é indispensável quer para lavar os dentes, quer para lavar a cara e aplicar um creme. Costumo guardar todas as amostras e encho frasquinhos de viagem que transporto comigo na bagagem de mão. Desta bolsa também fazem parte elásticos do cabelo e um mini-kit de costura. Não me perguntem porquê porque nunca o utilizo mas pronto, está lá!

 

  1. Farmácia pessoal

Quando digo farmácia pessoal refiro-me apenas aos básicos tipo ben-u-rons e brufenes e supositórios para os miúdos e uns pensos rápidos. Isto servirá apenas e só para uma emergência, caso não haja mais nada em volta.

 

  1. Mudas de roupa

Várias mudas de roupa para os 3, mas mais ainda no caso deles. Há sempre camisolas que se sujam, se mancham, há sempre acidentes com água ou com outra coisa qualquer e ainda... And again, no caso de alguma coisa correr mal com a bagagem de porão, temos mudas de roupa suficientes.

 

  1. Fraldas de bebé e toalhitas

Quem viaja com bebés tem sempre qua andar com fraldas e as famosas toalhitas atrás. Por cá usamos fraldas e toalhitas de pano, mas em viagem accionamos o plano “descartável”. Toalhitas vão sempre muitas e dão sempre jeito para tirar nódoas e para lavar mãos e bocas de miúdos sujos.

 

  1. Musselinas de pano e um cobertor

Um dos meus must take. Levo no mínimo dos mínimos 2 musselinas grandes, mas vão sempre umas quatro à vontade. Uso-as como lençol no berço do bebé ou como agasalho para os proteger. Um cobertor estilo avião que ocupa pouco espaço e não pesa muito é outro item que faz sempre parte da nossa bagagem de mão.

 

  1. Impermeáveis

Não, a ideia não é chamar a chuva mas um impermeável pode dar jeito em qualquer situação e é daquelas coisas que não ocupa espaço nenhum. Sim eu sei que não chove dentro dos aeroportos mas pronto, é uma cena minha. Nunca se sabe onde podemos ir parar... Ainda me lembro aqui há uns anos atrás numa viagem que fiz à Bélgica, se não levasse impermeável tinha ficado retida em algum lado ao invés de aproveitar a tarde para conhecer a cidade de Bruges. Ainda que me tenha molhado toda, valeu a pena.

 

  1. Uma lancheira com comida

O meu tópico favorito! Vamos sempre carregados. Como a comida nos aeroportos é para lá de cara e como para nós nem sempre é fácil de encontrar algo que não seja uma sandes, eu não prescindo da nossa lancheira. No avião pedimos sempre refeição vegetariana mas a comida de avião é sempre um bocado blhecccc... Levamos sempre barras de cereais caseiras, muita fruta e papas cozinhadas que aguentam bem sem ir ao frio. Mesmo que fiquemos apeados dentro do avião, num aeroporto ou em qualquer outro lugar, ninguém passa fome e comemos comidinha boa e saudável!

 

  1. Uma almofada para avião

Apesar de ir viajar de noite, e de saber de antemão que não vou dormir quase nada, levo sempre a minha almofada. Pelo menos sei que me vai dar apoio no pescoço nos intervalinhos em que consigo ir fechar os olhos. A minha almofada é insuflável já a pensar na poupança de espaço e de peso.

 

  1. Computador e Carregadores de telemóvel

Ando sempre com o computador atrás. Apesar de ir de férias pode ser preciso qualquer coisa de trabalho e é lá que tenho tudo por isso viaja connosco também. Carregadores dão sempre jeito quer para o caso de passar a noite num apeadeiro, quer para o caso de ficar sem bateria e ter que o carregar no aeroporto.

 

  1. Brinquedos para os miúdos

Apesar deste tópico ser mais para o regresso, porque na ida a viagem é noturna e o mais velho aterra desde aqui até Paris, temos sempre de levar brinquedos. O que não pode faltar: plasticina, livros de pintar, os nossos lápis de cera de viagem - que e cabem num saquinho pequeno de pano - e o livro e giz Jaq Jaq Bird que é tão mas tão fixe porque permite desenhar e riscar tudo e mais alguma coisa e no fim é só apagar! Espreitem aqui  se ainda não conhecem.

 

  1. Um segundo porta-bebés just in case

Como a viagem se faz de noite e o mais velho dorme que nem pedra, sei que é muito, mas muito difícil acordá-lo para sair e trocar de avião. Ele colabora sempre, felizmente, e já não se deixa por em porta-bebés há muito tempo mas nunca se sabe... Assim caso ele ferre tenho outro porta-bebés na mala - um mei-tai que dobrado ocupa espaço e pesa pouco - e caso o mais velho me finte, posso levá-lo às costas na mochila, carregar o bebé à frente no mei-tai e levar a bagagem de mão numa mão. E já só me sobra uma mão para segurar nos cartões de embarque e documentos, Uffa... Mãe sofre!

 

E vocês? O que costumam levar na vossa bagagem de mão quando viajam de avião, de carro, de comboio ou de autocarro?

Encontre todos os artigos da nossa mãe Bio-Lógica aqui 

Encontre todas as receitas da Linda no Receita para tudo e no Facebook

 

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg

Deixe o seu comentário

Publicações relacionadas

Instagram