logo

pub_carrossel_horz2.jpg

img

Vida

A Enfermeira Responde | Sobre esta nova Vaga de Sarampo

Por Enf. Ângela Baptista

Olá:) Atendendo às notícias relativas ao surto de sarampo no nosso pais, venho dar-vos alguns esclarecimentos e orientações esperando serem tranquilizadores e orientativos.

Em Abril do passado 2017, também vos escrevi sobre esta temática. Relativamente às informações gerais sobre a doença, formas de contágio, etc, mantém-se tudo igual. Estando toda essa parte do artigo atualizada.

No entanto, chamo agora a vossa atenção em particular para o boletim de vacinas e como fazerem caso este não esteja atualizado, bem como para os principais pontos para os quais devem estar atentos.

De acordo com a DGS - Norma no 004/2017 de 12/04/2017 atualizada a 15/03/2018

Reveja o seu boletim de Vacinas

Esquema recomendado pelo PNV de acordo com a idade:

  • : 1 - 4 anos - 1 dose; 5 - 17 anos - 2 doses
  • Adultos (≥18 anos de idade) nascidos ≥ 1970: não vacinados contra o sarampo e sem história credível da doença - 1 dose

nascidos < 1970 - 0 doses (“excepto se houver exposição a casos de sarampo ou de viagens para áreas onde decorrem surtos, uma vez que o Inquérito Serológico Nacional 2001/2002 demonstra que este grupo etário tem uma elevada proporção de indivíduos protegidos.” DGS)

  • Profissionais de saúde 2 doses (independentemente do ano de nascimento)

Outras dúvidas que podem surgir:

Como se transmite o sarampo?

  • Contacto direto com secreções nasais ou faríngeas de pessoas infetadas ou contacto com objetos infetados (menos comum)
  • Via aérea (aerossóis)

 

Período de Incubação e Contágio

A incubação dura cerca de 10 dias (pode ir 7 - 18 dias). Habitualmente maior nos adultos do que nas crianças.

O período de contágio vai desde os 4 dias antes do início do exantema, até 4 dias após.

A transmissão reduz após o 2º dia de exantema.

Todas as pessoas vacinadas têm um período de contágio e menor e menor risco de transmissão.

Quais os sintomas que podem fazer suspeitar de ter Sarampo?

  • Sensação de doença, febre, tosse, congestão e corrimento nasal, conjuntivite, (não terão que ser todos os sintomas)
  • Sinal de Koplik na mucosa oral: manchas brancas (1-2mm) assemelhando-se a grãos de sal circundados por uma espécie de auréola avermelhada. Habitualmente 1/2 dias antes do aparecimento do exantema.

sarampo_I.png

  • Exantema máculo-papular (manchas vermelhas e com relevo na pele): habitualmente surgem entre o 3º e 7º dia, inicia-se na face, estendendo-se progressivamente (1 a 2 dias) a todo o corpo. Desaparece progressivamente em 4 a 7 dias, terminando em lesões acastanhadas e por vezes, descamativas.

sarampo_II.png

Como estão protegidas as crianças com idade inferior aos 12 meses?

As crianças têm o factor de proteção materna até aos nove meses. Há portanto circulação de anticorpos transmitidos pela mãe, sendo raras as crianças com doenças infecciosas antes dos seis meses.

Os bebés até aos 12 meses têm indicação para ser já vacinados?

De acordo com as indicações da DGS, apenas está recomendada a administração da 1ª dose da vacina que proteja contra o sarampo (VASPR) entre os 6 e os 12 meses de idade ou a 2ª dose antes dos 5 anos de idade, em situação de pós-exposição, e se, após avaliação clínica e epidemiológica, houver uma prescrição do médico assistente.

O que fazer em caso de contacto com um caso suspeito de sarampo?

Ligar para a Linha Saúde 24 (número 808 24 24 24) e mesmo perante sintomatologia manter-se em isolamento seguindo as indicações da Linha Saúde 24.

Para confirmação de diagnóstico de Sarampo estão envolvidos critérios:

Clínicos+ Laboratoriais+ Epidemiológicos, a serem realizados pelas instituições de saúde.

É importante referir que ninguém se encontra 100% imune à doença, mesmo os vacinados podem desenvolver sintomas, habitualmente com quadro clínico mais ligeiro e menos contagioso.

Aconselho como comportamento preventivo, especial para crianças abaixo dos 12M, evitar locais de grande aglomerado populacional e espaços pouco arejados.

A Enf Ângela Baptista

Podem contactar-me directamente ou deixar a vossa dúvida para ver respondida neste espaço através do email b_a_badobebe@hotmail.com ou global@eumae.pt 

Veja o primeiro artigo escrito sobre o sarampo aqui

Pode encontrar todos os outros artigos da Ângela aqui

Siga a Enf. Ângela no Facebook, aqui

INSTAGRAM   |   BLOGLOVIN   |  FACEBOOK

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg
squareimg
squareimg

Deixe o seu comentário

Publicações relacionadas

Instagram