logo

pub_carrossel_horz2.jpg

img

Mulher

Rejuvenescer a pele! | Ep. 1 - Diagnóstico

Por Inês

Quando chega o Outono começa lentamente a chegar, juntamente com o diminuir dos dias, o temível modo hibernação. O frio não dá vontade de correr, a noite não dá vontade de ir ao ginásio, as festas trazem doces quentinhos e as aulas dos miúdos trazem a rotina dos dias de trabalho e a falta de disponibilidade para cuidarmos de nós.

Mas! Eu falo por mim, já não tenho idade para ter o meu bem estar em modo io-iô, a hibernar no Inverno e a fazer maratona na Primavera e Verão. Simplesmente não me posso dar a esse luxo! Cada vez é mais difícil recuperar o tempo perdido e a idade não perdoa, cobra com juros o meu desleixo! É mesmo preciso um cuidado continuado, pensar no nosso bem estar o ano todo, agir todo o ano pela nossa pele mais jovem, o corpo mais forte.

Então, juntei-me à Model In Clinic nesta luta, uma clínica de emagrecimento e rejuvenescimento sedeada em Aveiro, absolutamente fantástica, que alia tratamentos com uso de tecnologia de ponta ao cuidado personalizado e a atenção das pessoas lindas que lá se dedicam ao eterno feminino, que nos fazem sentir verdadeiramente cuidadas e atendidas nas nossas necessidades.

Ao longo dos próximos meses, vamos aqui trazer acções concretas de beleza e bem estar, para rejuvenescer a pele e o corpo no pós verão, cuidar deles no Inverno, rejuvenescendo-nos pelo meio. Chegar ao próximo Verão uns anos mais nova é o objectivo!

Começamos hoje pelo início: como anda a minha pele? Nada famosa... tenho sempre uma borbulha ou outra, tenho os poros dilatados, tenho as minhas sardas pós verão ao rubro. Como está a minha pele e o que lhe vamos fazer a seguir? Vejam aqui o meu caso, que de certeza não é muito diferente do vosso...

Na Model In Clinic foi-me feito um SKIN TEST, um diagnóstico profundo com recurso a uma câmera de lâmpada de Wood. Através da radiação luminosa emitida pela lâmpada na pele, ela penetra e é absorvida pelos grânulos de melanina ao nível em que eles se encontram, permitindo avaliar se a melanina está a nível dérmico (mais profundo) ou epídérmico (mais superficial).

A utilização da lâmpada permite definir a extensão, o grau e a localização de lesões pigmentares de modo rápido e eficaz, o que facilita o diagnóstico e posterior tratamento, bem como prescrever o tratamento indicado e grau de profundidade que ele deverá atingir para tratar a discromia. Assim como são detectadas manchas que são sinal de abuso do sol e envelhecimento cutâneo, ainda se detecta pela descoloração ou hiperpigmentação problemas de desidratação, obstrução de poros, necessidade de limpeza profunda, entre outros problemas.

Um início de plano para o que há de vir! Pele perfeita, aí vou eu!

INSTAGRAM   |   BLOGLOVIN   |  FACEBOOK

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg

Deixe o seu comentário

2 comentário(s)

Marta M03 de Outubro, 2016 às 22:44:06
Responder

Cada vez gosto mais dos vídeos! Parabéns! Gostava de saber se na região onde eu vivo (Santarém) também haverá esses tratamentos, quero ver tudo!

Sara Castro12 de Outubro, 2016 às 11:45:20
Responder

Já fiz este teste, em Lisboa e é muito bom! Vale a pena fazer, a minha pele tinha uma mancha feia que agora vou começar a vigiar melhor, se não fosse isso não sabia ainda nada. Bom trabalho, beijinhos

Publicações relacionadas

Instagram