logo

pub_carrossel_horz2.jpg

img

Mãe

Não cresças mais, meu amor! | As Maravilhas da Maternidade

Por Inês

Agora que aconteceu, tornou-se claro para mim: a última coisa que fazia do meu bebé ainda um bebé, a sestinha da tarde, finalmente caiu. Caiu de madura, chegou ao fim.

Resistiu aos 4 anos e à ditadura do fim da sesta aos 4. Resistiu porque no colégio do Miguel compreenderam a importância da sesta nos seus meninos, prolongaram-na a meu pedido até ser o próprio Miguel a bater o pé e a pedir-me que metesse a cunha para ele deixar de fazer a sesta:

- Mamã, tens de pedir à V. e à I. para eu não dormir mais, só os bebés dormem, eu sou crescido.

Pois és, meu amor.

E deixou de dormir, todo contente e orgulhoso. Agora é brincadeira extra à tarde no colégio e caos extra ao fim da tarde em casa. Tem sido uma adaptação traumatizante, coitados de nós! Ele cai num pranto desesperado por um ai, mortinho de sono e cansaço. Chora, grita, atira-se ao chão, vai para aqui um dramalhão que até a mim apetece chorar. 

Vou chorar com o Miguel, por solidariedade com as suas birras de sono e por mim, por ter perdido o meu bebé de vez.

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg

Deixe o seu comentário

Publicações relacionadas

Instagram