logo

pub_carrossel_horz2.jpg

img

Filhos

Vai ser assim até sempre?! Eu sou muito anjinha

Por Inês

Quando eu vi no site do agrupamento o calendário geral, a data de início do ano lectivo do P, que ia começar o 2' ano, eu ingenuamente pensei que fosse às 9 da manhã, para começar o dia logo a arrancar com as aulas - que, btw, nunca mais começavam! Adiante...

Entretanto, Eu devo ter um dedinho que adivinha, apesar de continuar ingénua e crente, mas lá tive uma curiosidade, um "deixa-me só confirmar", e fui à sede de agrupamento ver o que estaria afixado. 

Pimba, não eram 9:00 de dia 13, eram 13:30. À hora do almoço? Mas afinal seria só uma apresentação, uma voltinha de aquecimento, uma falsa partida?!

Ah pois. E foi então que comecei a abrir a pestana e a perceber que da creche ao fim do básico, sei lá eu, TODOS OS ANOS há apresentação. Para os pais. Say Whaaaat? Para quê? Para saber que podemos inscrever-nos na associação de pais? Para dar um olá à professora? Para dar um olá aos outros paizinhos que tentam espremer-se dentro de carteiras mínimas?

Isto é giro no primeiro ano, no segundo ainda foi engraçado, útil até. Mas no 4'? No 6'?  No 8'? No 10'? No 12'? Misericórdia! No meu tempo de garota não era nada disto! Houve apresentação no primeiro ano e olhe lá... Corrijam-me pelo amor dos deuses se eu estiver errada, digam-me que esta infantilização dos nossos garotos e martírio dos pais acaba no máximo dos máximos no final de ensino básico, porque eu quero muito estar errada!

É que hoje são as apresentações de início de ano, na escola, nas actividades, depois são as festas disto e daquilo, os pais sempre chamados à pedra, a fazer tudo pelos meninos, temos de os levar pela mãozinha a tudo. Mesmo que não tenham tempo, mesmo que achemos um disparate, não vamos ser nós a faltar, desdobremo-nos então! E é assim que acabamos a levar os miúdos à porta da faculdade todos os dias e a trazê-los à hora do almoço...

Prefiro estar errada e que estas apresentações não sejam eternas do que empatada em apresentações de matulões. Não é assim que os putos ganham autonomia.

INSTAGRAM   |   BLOGLOVIN   |  FACEBOOK

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg

Deixe o seu comentário

5 comentário(s)

miriam15 de Setembro, 2017 às 10:38:00
Responder

e tudo se resolvia, a partir do 2º ano, com o email da professora com as coisas importantes!! mas não, o meu sobrinho entrou agora para o 5º ano e houve reunião com os EE e depis outra reunião com os meninos, socorroooooo

sofia19 de Setembro, 2017 às 00:17:48

Afinal os filhos são de quem?

cramos15 de Setembro, 2017 às 11:14:51
Responder

Por aqui, apresentação do 2º ano em escola publica mas diferente: inicio às 9, breve reunião com os pais para dar lista de material e horários e siga para as aulas :).

Simplesmente Ana15 de Setembro, 2017 às 12:18:40
Responder

Olá Inês, Discordo. As reuniões do início do ano servem para termos conhecimento dos que se passará durante o ano letivo. Assim, numa de nos precavermos ;) Acho bem que haja um envolvimento dos pais na vida académica dos filhos, No entanto, a minha filha iniciou o ano com um dia completo. Mas concordo quando refere que temos que os levar pela mãozinha até tarde. Não basta deixar ao portão! Os meninos estão habituados a serem pajeados até à sala. Contra mim falo.

sofia19 de Setembro, 2017 às 00:24:57
Responder

Concordo.

Publicações relacionadas

Instagram