Blogs do Ano - Nomeado Família
logo
img

Filhos

Mãe Bio-Lógica | Adoçar sem açucar e receitas para crianças

Por Linda Barreiro

A semana passada trouxe papas para bebés, esta semana trago receitas sem açucar para crianças. Sim é possível adoçar sem açucar e fazer doces saudáveis para crianças. Já vamos ver como.

Não é minha intenção aqui debater-me sobre os diferentes tipos de açucares até porque um artigo só não chegava, no entanto talvez seja bom clarificar que dentro do “saco do açucar” cabem: o amarelo, o mascavado, o castanho e o branco, (que só diferem um dos outros quanto ao grau de refinação, maior ou menor consoante a cor) nenhum deles saudável. Aqui também se incluem adoçantes, edulcorantes e toda a família de substitutos fajutos do açucar, assim como alguma stevia (a maior parte da que se vende por aí tem uma percentagem de stevia muito baixa) e ainda as geleias de cereais (como a geleia de arroz ou de milho) que possuem um elevado índice glicémico. Os xaropes tipo maple syrup e agave, sendo também de origem “mais natural”, devem ser consumidos com bastante moderação. A reportagem da Visão que a RTP exibiu no ano passado denominou o açúcar de veneno para as crianças. Quem não teve oportunidade de ver pode sempre fazê-lo aqui, vale a pena.

De acordo com um estudo realizado pelo Projeto Safira o melhor substituto  natural do açucar são as tâmaras. As tâmaras foram - na minha modesta opinião de gulosa - a melhor descoberta a seguir à roda!  

Nós não damos açucar ao nosso filho, mas também não o privamos de comer doces, simplesmente ao invés de comprar fora, faço-os em casa, com tâmaras, claro. Beneficiamos todos: ele e nós, que praticamente deixamos de consumir açucar. Na real verdade quem beneficia mais ainda sou eu, que sou quem os faz, e que tem que os comer quase sempre porque nem pai nem filho são assim muito perdidos por doces, que chatice...

Ora o que quero antes de mais transmitir é que não é nenhum bicho de sete cabeças comer doces sem consumir açucar (ainda agora estou aqui a comer uma fatia de bolo de banana sem açucar, hehe) é preciso é ganhar o hábito de fazê-los em casa. No nosso caso as tentações são poucas porque aqui em Malta a doçaria tradicional é uma desgraça: bolos cheios de pasta de açucar, chantilly e corante e de tudo mais artificial possível. Assumo que em Portugal, especialmente no Norte, ía ser mais difícil resistir... E como estamos fora também não temos as habituais festas de família ou dos amiguinhos da escola, o que torna as coisas ainda mais fáceis.

De qualquer modo para os mais cépticos fiquem a saber que as tâmaras são capazes de substituir o açucar em qualquer receita, basta substituir o volume do açucar pelo mesmo volume de tâmaras, ou seja se a receita levar por exemplo 200g de açucar, significa que leva o equivalente a 1 chávena de açucar, trocamos por 1 chávena de tâmaras e já está. Super fácil!

Pronto e agora vem aquela parte em que muitos vão dizer que não gostam do sabor das tâmaras, eu também não. Porém as tâmaras nas receitas doces adoçam sem contaminar a receita com o seu sabor original. Ou seja, trazem uma doçura mesmo, mesmo natural e isso sente-se de tal forma que, depois de estarmos habituados a este tipo de doce, estranhamos logo quando comemos algo com açucar que acaba por parcer-nos muito mais artificial. Experimentem fazê-lo e sintam a diferença. 

 

As tâmaras podem usar-se de três formas:

  1. Sob a forma de pasta – vende-se em supermercados e lojas bio mas também se pode fazer em casa cozinhando as tâmaras. Conserva-se bem no frigorífico.
  1. Sob a forma de açucar – esta é a forma mais morosa, pois as tâmaras têm de ser desidratadas (num desidratador ou forno) e este processo demora cerca de 36h. Depois de desidratadas é só picá-las e elas formam um açucar de tâmaras. Guarda-se num pote e usa-se da mesma forma que se usa o açucar convencional.
  1. Em fruto – compram-se em supermercados e lojas bio tipo Celeiro e também em alguns hipermercados. Para usar de forma mais eficaz o melhor é demolhá-las previamente num pouco de água ou leite (caso a receita leve leite). Escorrem-se e batem-se de seguida num liquidificador até formar uma pasta que se incoropora junto com os restantes ingredientes da receita do bolo ou da sobremesa.

 

Depois é só seguir a receita à risca e incorporar nas massas. Nota que para quem fizer bolos que levem ovos e açucar batidos em simultâneo deve bater os ovos sem o açucar (as tâmaras no caso) e só depois incorporar as tâmaras no final.

Comecei a dar doces - com tâmaras - ao meu pequenito a partir do ano, julgo que essa é mais ou menos a idade-apontamento para eles poderem começar a consumir, de forma muito esporádica, este tipo de doces.

Deixo uma nota para quando comprarem tâmaras terem sempre em atenção para comprar sem qualquer tipo de calda/geleia/açucar, certifiquem-se que é mesmo só a fruta. Se fica mais caro que o açucar? Fica, sem dúvida alguma, mas para além de se gastar em menor quantidade nas receitas, fica muito mais em conta para a saúde das nossas crianças e para a nossa saúde também. Afinal nunca é tarde para modificar hábitos!

 

Para abrir o apetite deixo-vos aqui apenas algumas sugestões de receitas doces.

- Nutella caseira – uma versão totalmente fiel à Nutella original mas sem ponta de gordura e açucar adicionados.

- Queques de mirtilo – uma receita super rápida de queques que podem fazer para enviar para o lanche dos miúdos para a escola.

- Mousse de banana e abacate com cacau – uma iguaria para filhos e pais, ideal para servir como sobremesa num jantar de amigos em casa.

 

Na galeria vão encontrar estas e outras propostas doces sem açucar com os respetivos links. Se quiserem ver outras receitas podem visitar www.receitaparatudo.com. Espero que gostem!

Clique na Imagem para ver a Galeria

squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg
squareimg

Deixe o seu comentário

1 comentário(s)

sandra13 de Março, 2017 às 23:57:11
Responder

Olá. Precisava duma receita saudavel com alimentos da época será que me pode ajudar

Publicações relacionadas

Instagram